Pular para o conteúdo principal

Enoque, o oitavo patriarca


“Enoque andou com Deus e desapareceu, porque Deus o levou.” (Gn. 5,24)
Essa é a história de um homem que nasceu, viveu e não morreu. Diz a Escritura Sagrada que Enoque andou com Deus e desapareceu porque Deus o levou. Em algumas traduções diz: “porque Deus o tomou para si”. Por óbvio, a lição é que a intimidade que Enoque tinha com Deus era tamanha, que Deus decidiu tomá-lo para si, levá-lo em vida para o céu.
Também diz a Bíblia, no livro do Gênesis, que Enoque viveu 365 anos e depois desapareceu. Como um sinal de completude dos tempos necessários que um homem precisa viver, tal como os 365 dias de um ano, Enoque cumpriu sua função na terra. Foi menino, jovem, homem, marido, pai, avô e NÃO MORREU, quase como um prenúncio de que a eternidade (através da ressurreição) está tão próxima, tão tangível.
Pela fé Henoc foi arrebatado, sem ter conhecido a morte: e não foi achado, porquanto Deus o arrebatou; mas a Escritura diz que, antes de ser arrebatado, ele tinha agradado a Deus ”  (Hb. 11,5)


Apesar de existirem livros apócrifos que especulam sobre o destino de Enoque, a carta de São Judas esclarece que ele retornará como um aviso solene: “Também Henoc, que foi o oitavo patriarca depois de Adão, profetizou a respeito deles, dizendo: Eis que veio o Senhor entre milhares de seus santos ” (Jd. 1,14) .
O fato preponderante que este texto quer revelar é que o homem que anda com Deus, que teme a Deus, que vive na obediência de seus mandamentos, que apaixonadamente recorre à intimidade dos átrios do SENHOR, não é mais o mesmo, as mudanças ocorrem, pois estar diante de Deus é uma experiência única e que abala as estruturas da vida humana, uma marca eterna, uma conversão. Assim como os discípulos que encontraram a Jesus na estrada para Emaús, que ao ouvir as suas palavras divinas tiveram seus corações aquecidos, não é possível andar com Deus e continuar a ser o mesmo.
O questionamento necessário é feito: Você tem andado com Deus a ponto de desaparecer? O quanto você tem se exposto à presença de Deus no santíssimo sacramento, na leitura das Escrituras Sagradas, na comunhão com os irmãos, nas obras de misericórdia? Você tem andado com Deus e Cristo está aumentando e você diminuindo?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O papel do homem

“… liderar, sustentar e proteger mulheres …” As tragédias cotidianas muitas vezes revelam exemplos heroicos que a cultura hodierna tem desprezado. Luiz Carlos da Silva é um destes exemplos. Ele ficou conhecido quando, com o corpo em chamas, salvou a filha recém-nascida no Paraná, no dia 03 de julho. Trata-se de um verdadeiro homem no sentido mais intenso do termo: embora não tenha conseguido salvar a esposa, conseguiu salvar sua filha recém-nascida. Esta tragédia nos lembra que homens e mulheres não são iguais, são diferentes, e seus corpos ilustram essa diferença, explicitando papeis distintos na natureza. Obviamente os movimentos feministas e relativistas irão contradizer este fato, mas eles pouco importam pois não buscam a verdade, só semeando mentiras, confusão e destruição por onde passam. Estamos trabalhando desde a semana passada sobre o conceito sobre masculinidade e, agora, vamos refletir sobre a descrição do papel do homem frente ao sexo oposto: LIDERAR, SUSTENTAR …

Um Homem de Verdade

Compilei algumas citações do filósofo brasileiro Olavo de Carvalho de sua página do Facebook. Se você quiser ver estes e mais alguns visite o blog Olavo no FB. Homem Decente “Meu filho, o dever que você tem de trabalhar, de se sustentar, de prover as suas próprias necessidades e da sua família é parte integrante da sua vocação — se você se recusa a fazer isso, você não merece que a gente lhe dirija a palavra, porque você é subumano, você é um ladrão. O sujeito que acha que os outros ou que “a sociedade” tem a obrigação de sustentá-lo e não ele mesmo e, ainda assim, pensando com essa idéia baixa, nojenta, porca, ele ainda quer ser um escritor, um sujeito desses tem de apanhar […] Não vem com essa história de que você é artista e que não pode fazer isso. Porque os artistas que fugiram às suas obrigações, que tipo de gente são eles? Jean Jacques Rousseau? É disso que você está falando? É Jean Jacques Rousseau que você quer ser? Joga os filhos num orfanato para você poder fazer a sua car…

Onde estás, Adão?

Para começar a série de posts sobre masculinidade na Bíblia, é importante alertar aos leitores que não vou tratar dos problemas hermenêuticos e exegéticos dos textos bíblicos. Infelizmente, os teológos liberais enlamearam as águas do estudo da Bíblia com suas teorias heréticas e demoníacas. Então, vou partir do princípio que o relato bíblico é plenamente confiável, que o pentateuco foi escrito por Moisés (sim, a teoria documentária da Alta Crítica é uma patuscada sem tamanho) e que a discussão sobre se a Adão é real ou um mito não interessa ao menos no momento. A mim (e a você também) deve interessar as lições que o Espírito Santo quer ensinar quando inspirou o escritor bíblico a contar a história deste genuíno homem pecador, Adão. De antemão, antecipo que podemos encontrar em Adão, o primeiro homem, a soma de todos os erros e descaminhos que os homens do passado e os de hoje cometem. É possível enumerar algumas dessas “mancadas”, para ser elegante: 1) Adão foi chamado a dominar a te…